O tempo e a memória

Engraçado como o tempo é relativo. Aquela velha história de que em momentos bons as horas voam e em momentos não tão bons as horas se arrastam. Bobagem, hora é hora. O tempo é o mesmo. O que passa diferente é a nossa percepção. Igual aquela outra história, de que os dias são longos e os anos são curtos. Só mais um ponto de vista. Mas são tantos pontos de vistas no mundo. 
Engraçado mesmo é como nossa memória é curta. É claro que nos lembramos muito bem dos momentos sórdidos das nossas vidas, mas do mesmo jeito que o tempo é relativo, nossa memória também. 

Já demorei o dobro das horas que normalmente levo para chegar à praia, devido ao trânsito, vencendo o calor, o sol e as dores na perna. Mas não me lembrei disso no último feriado. Assim como não me lembrei do quanto foi difícil conciliar o trabalho com os estudos, quando optei por fazer outro curso após a faculdade. Também me esqueci das dores musculares quando decidi voltar à academia. Esqueci que a saudade dói, esqueci que dançar em cima do salto alto à noite toda dói, esqueci que dormir tarde quando se acorda cedo no dia seguinte é uma péssima idéia, que ir pra balada quando se trabalha no outro dia é uma péssima idéia, que, às vezes, viver como se não houvesse amanhã é uma péssima idéia. Ou não. Mas realmente devo ter a memória curta, porque já repeti todas essas coisas inúmeras vezes. E esqueci da dor, da dificuldade, do trabalho. Porque talvez viver ao máximo peça um pouquinho de esquecimento: esquece-se a parte ruim para só restar a boa. E dessa parte boa eu lembro muito bem: é a que quero levar comigo. Talvez para ser feliz não precisamos nem de muita memória, nem de muito tempo. É tudo uma questão de perspectiva.

Um comentário:

  1. Amei, amiga! Bem isso mesmo... É como ir no parque de diversões e andar na montanha-russa: você jura que nunca mais entra naquilo, mas na próxima vez que volta ao parque a primeira coisa que faz é entrar na fila. É um mal necessário KKKKK.

    ResponderExcluir

© Marcas Indeléveis - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Andréa Bistafa.
http://i.imgur.com/wVdPkwY.png