Quando tudo vai pelos ares

Ficar triste? Não adianta.
Desanimar, chutar a parede, gritar aos quatro ventos? Nada disso muda nadinha de nada.
Nosso mal é pensar que temos uma vida segura e estável, seja no âmbito amoroso, financeiro ou profissional. Achamos que podemos controlar tudo ao nosso redor, mas não damos conta de que nossa vida é um castelo de cartas e, quando menos esperamos, vem uma lufada de vento e leva tudo pelos ares.

Eis aqui uma novidade: não controlamos nada. Isso é a vida, afinal! Somos tão estáveis quanto um punhado de areia jogado ao vento. Mas sabe qual é a parte boa disso tudo? Podemos nos construir e reconstruir quantas vezes for preciso, e a qualquer hora! Podemos montar e desmontar nosso castelinho de cartas inúmeras vezes, sem maldizer a vida e tudo ao nosso redor. Porque não somos seguros de nada, não temos certeza alguma, compreende? Jamais saberemos quando uma tempestade de vento ou raios irá chegar para bagunçar tudo, porém, em contrapartida, podemos ter fé que o sol sempre irá aparecer outras vezes, mesmo que levem dias.

Quando tudo parecer perdido, um caos, uma bagunça de cartas espalhadas ao vento, lembre-se do que realmente importa: o que interessa de verdade, acima de toda a banalidade do dia a dia. Acima do material, do supérfluo, da aparência. É isso que você deve ter em mente sempre, a cada sopro de vento sobre nossas vidas frágeis e instáveis. Lute pelo que vale a pena, quanto ao resto? Apenas siga em frente. Podemos recomeçar a qualquer instante.

3 comentários:

  1. E força na peruca porque a vida não pára!
    Bj e fk c Deus.
    Nana
    http://procurandoamigosvirtuais.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Texto maravilhoso por tudo que eu estou passando, estou perdida, triste e muito confusa nesse início de ano, mas os dias passam e preciso encontrar força e foco para reconstruir meu castelo de cartas que o vento levou... como sempre, ótimas palavras!

    Obrigada pelo carinho. Beijos :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir
  3. Encontrei seu blog e é uma honra estar a ver e ler o que escreveu, quero felicitar-vos, pois é um bom blog, sei que irá sempre fazer o melhor, dando-nos boas noticias, e bons temas.
    Quero aproveitar a oportunidade para partilhar o meu blog : Peregrino E Servo.
    Vou ficar muito feliz se tiver a gentileza de fazer uma visita ao meu blog.
    PS. Se seguir, fique a saber que irei seguir também seu blog, se o conseguir encontrar.
    António Batalha.
    http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

    ResponderExcluir

© Marcas Indeléveis - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Andréa Bistafa.
http://i.imgur.com/wVdPkwY.png