Faça coisas novas


O nosso cérebro tende a se acostuma com as coisas iguais: mesmo pensamento, mesma ação, mesma rotina todo dia. A monotonia o acostuma a não ativar toda a sua capacidade, pois somos programados a não usar o que não precisamos. Contra isso, estimule-o, faça-o trabalhar, desafie-se. Faça coisas novas e improváveis, encare o medo e o nervosismo, experimente quebrar a rotina.

Experimentar o novo é necessário: ir além do conhecido é criar uma parte nova em você, adquire-se conhecimento, experiência, vivência. Por isso, saia da zona de conforto, confronte seus anseios e veja como sua mente reage.
Esteja sempre disposto a enfrentar seus temores, a bater de frente com tudo que lhe aflige. Rasgue a bolha que te envolve e venha alcançar o horizonte, pois limites somos nós mesmos quem impomos.
Leia um livro novo, viaje para longe, aja por impulso, pratique um esporte, curse outra faculdade, saia sem destino, faça um discurso em público, faça novos amigos ou escreva um livro, mas mexa-se, acompanhe o mundo neste constante movimento.

Faça coisas novas e descubra que há um mundo lá fora pronto para ser colorido com as cores que você quiser.

6 comentários:

  1. Amando seus textos. Parabéns! <3

    http://inverso-mente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi flor vim conhecer seu blog e adorei,estou participando dele te convido para vir conhecer o meu.
    beijos
    http://maddalice.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Já ouvi algo que falava sobre isso, adorei o post ! :)

    http://lorabroken.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Adorei o post, vc escreve suuper bem!

    Bj, Fb, Gabi

    fashionnoruless.wordpress.com

    ResponderExcluir
  5. Muito bom esse post, além de ajudar o cérebro fazer coisas novas são bem legais

    bjos

    FB

    ResponderExcluir
  6. Beeem interessante esse post, meu cérebro nem funciona mais com essa rotina maluca que tenho D:
    FB - girlreckless.blogspot.com

    ResponderExcluir

© Marcas Indeléveis - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Andréa Bistafa.
http://i.imgur.com/wVdPkwY.png