Olhares vagos


Tenho dado olhares vagos.
Olhares envoltos em pensamentos que voltam-se para várias direções mas sequer enxergam.
Na verdade, tenho andado envolta em pensamentos. Não mais no passado, este trato como um livro antigo de ficção. Tenho me preocupado com o futuro.
Temo o incerto e amedronta-me o desconhecido.
Tenho dado sorrisos aflitos, tentado esconder os anseios e apreensões. Não quero desapontamentos nem atitudes erradas, mas isto não estando ao meu alcance já me desaponta.
Tento sempre manter o controle de tudo à minha volta, mas dessa vez não posso controlar o futuro.
Não posso sequer saber se estou no caminho certo, se alcançarei meus objetivos ou se devo mudar de direção.
Quero olhares atentos, quero sorrisos sinceros.
Quero não temer o desconhecido.

8 comentários:

  1. Assim como no seu texto, muitas vezes eu também fico insegura temendo algo, temendo o desconhecido!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. blog com visual perfeitinho...

    primeira vez.
    gostei
    parabenes
    sucesso
    espero vir [claro se permitir]
    mais vezes por aqui..

    agora dxa eu ir q jah jah vo teruma oversoe de picadas de pernilongo.

    alias mudando de pato pra ganso
    e pode ser o ganso do santos....
    só duas coisas desgaradaveis...

    meu time q perdeu.
    ainda com gol que o rogerio ceni foi empurrado por um homem invisivel..
    ou tava pulando carnaval num sei

    e o calor.
    é tanto q já posso participar de uma são silvestre no deserto do sAara!
    *-*

    um abraço e feliz dia da revolução portuguesa
    quando todas as mulheres...ora poix cortaram seus pelos do suvaco e tiraram seus "vigódis" e gritaram...:
    PORTUGAAL MUDOU-SE

    ResponderExcluir
  3. Mandyy. to te seguindo =).
    aquela frase é pq terminei com meu namorado, pq ele vai mudar de país. =/

    ResponderExcluir
  4. ele vai fazer intercambio na inglaterra. =/

    ResponderExcluir
  5. Tô te seguindo Mandyy!
    Me sinto exatamente como você descreve."/

    ResponderExcluir
  6. As indagações que fez sobre sua própria vida refletem o meu ser! Eu achei isso mágico, sincero e puro! *___*
    Amei a postagem e enfatizo a qualidade da fotografia escolhida, simplismente maravilhosa.
    Andei em crise nos últimos tempos, mas retornei para meu blog.
    Tem post fresquinho! Beijos!

    ResponderExcluir
  7. ps. passando pra encher seu saco mesmo..

    vim comentar e desejar um ótimo feriado prolongado.
    com o bloco da amy winehouse, que não tá me cheirando bem mas...
    o bloco do galvão bueno que de tão chato ngm vai atrás..
    e o bloco do joão, pedreiro aqui da rua..
    \o/

    fui e té breve

    ResponderExcluir
  8. Gostei de como escreve. Palavras puras e doce. Parabéns, beijos

    ResponderExcluir

© Marcas Indeléveis - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Andréa Bistafa.
http://i.imgur.com/wVdPkwY.png